The Widgipedia gallery
requires Adobe Flash
Player 7 or higher.

To view it, click here
to get the latest
Adobe Flash Player.
Get this widget from WidgipediaGet this widget from WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ Widgipedia

domingo, 27 de setembro de 2015

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Campeonato Nacional de Bodysurf Montepio termina em festa - Setembro 2015


Realizaram-se, a 12 e 13 de setembro de 2015, a terceira e quarta etapas, respetivamente, do I Campeonato Nacional de Bodysurf Montepio.
Com três vencedores diferentes nas primeiras três etapas, a discussão pelo título de primeiro Campeão Nacional de Bodysurf na história do Surf em Portugal, provou-se bastante renhida.

O grande vencedor da terceira etapa, que decorreu na Costa da Caparica, na Praia da Cova do Vapor, foi Pedro Antunes. O atleta teve uma excelente prestação, naquela que foi a etapa a reunir mais bodysurfistas inscritos em competição.

A quarta e última etapa teve início pelas 10h30, na Praia do Guincho, altura em que a maré permitiu o início do campeonato. Todas as atenções se centraram nos candidatos ao título de Campeão Nacional de Bodysurf. Apesar das condições difíceis, António Scott conquistou a vitória, garantindo o título.

 
Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

terça-feira, 15 de setembro de 2015

sábado, 12 de setembro de 2015

sexta-feira, 11 de setembro de 2015

Fundação Montepio - Frota Solidária entrega 20 viaturas e devolve 314 mil euros à sociedade civil - Setembro de 2015

A Fundação Montepio promove, no próximo dia 15 de setembro, às 11 horas, em Braga, a oitava edição do projeto Frota Solidária, durante a qual doará a 20 instituições particulares de solidariedade social (IPSS) igual número viaturas especiais e adaptadas.
O evento terá lugar na Praça da República, onde as viaturas se encontrarão parqueadas, na presença do Conselho de Administração da Fundação Montepio, o Presidente da Câmara Municipal de Braga e os dirigentes das mais representativas instituições do setor da economia social da região Norte.
Em 2014, a Fundação Montepio recebeu, através do Ministério das Finanças, cerca de 314 mil euros resultantes de valores atribuídos, no ano 2013, no âmbito da Lei da Liberdade Religiosa (Consignação Fiscal).


 




INSTITUIÇÕES BENEFICIADAS EM 2015 PELO PROJETO FROTA SOLIDÁRIA
  •               Centro Social D. Manuel Monteiro de Castro, Braga
  •               Oficina de S. José, Braga
  •               Santa Casa da Misericórdia de Machico, Madeira
  •               Lar D. Pedro V, Ilha Terceira - Açores
  •               ASAS - Associação de Solidariedade e Ação Social Santo Tirso, Porto
  •               Associação Apojovi, Coimbra
  •               Associação Lar de Folgosinho, Guarda
  •               Misericórdia da Freguesia de Sangalhos, Aveiro
  •               AURPIS - Associação Unitária Reformados, Pensionistas e Idosos do  Seixal, Setúbal
  •               APOIO - Associação de Solidariedade Social, Lisboa
  •               Associação de Apoio à Criança do Distrito de Castelo Branco
  •               Santa Casa da Misericórdia de Tomar
  •               CEERIA - Centro Educação Especial, Reabilitação e Integração de Alcobaça
  •               Associação de Desenvolvimento, Progresso e Vida da Tocha, Coimbra
  •               Cercipenela – Coop. Educação e Reabilitação dos Cidadãos Inadaptados de Penela, Coimbra
  •               Associação de Beneficência de Pedrogão do Alentejo, Beja
  •               COMOSSELA - Comissão de Melhoramentos de Ossela, Aveiro
  •               Fundação Aurora Ressurreição Coelho Borges, Guarda
  •               Fundação Abrigo Berta Montalvão, Vila Real
  •               Centro Social Paroquial de S. Nicolau, Porto
   Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

quinta-feira, 10 de setembro de 2015

Caixa Económica Montepio Geral apoia esforço de integração de refugiados

CEMG contribuirá, em dois anos, com até um milhão de euros

A Caixa Económica Montepio Geral (CEMG), instituição financeira vocacionada para o apoio à Economia Social, irá contribuir para o esforço nacional de acolhimento e integração dos migrantes mediante a disponibilização, em dois anos, de até um milhão de euros.

A contribuição da CEMG deverá concretizar-se nos 24 meses (após o início do acolhimento dos refugiados), em estreita coordenação com as Autoridades Portuguesas, e será prioritariamente afeta ao ensino da Língua Portuguesa, à escolaridade das crianças e à assistência médica.

José Félix Morgado, Presidente da CEMG, refere, neste âmbito, que "estamos disponíveis para começar a trabalhar imediatamente com o Governo da República, segundo as melhores práticas de ajuda humanitária", acrescentando que "esta disponibilidade reflete a cultura de solidariedade e respeito pelos valores humanos, muito própria do Montepio, que se concretiza através da partilha do melhor de cada um de nós para a construção de uma sociedade mais justa".

Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

quarta-feira, 9 de setembro de 2015