The Widgipedia gallery
requires Adobe Flash
Player 7 or higher.

To view it, click here
to get the latest
Adobe Flash Player.
Get this widget from WidgipediaGet this widget from WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ Widgipedia

sexta-feira, 31 de maio de 2013

31 de maio | Dia Mundial Sem Tabaco

A área da Saúde e Segurança no Trabalho assinala o Dia Mundial Sem Tabaco – 31 de maio – com o intuito de destacar os riscos de saúde associados ao uso do tabaco e promover a redução do seu consumo.
A Organização Mundial da Saúde destacou, para 2013, o tema “proibição da publicidade, da promoção e do patrocínio do tabaco” e alerta para o facto de que se não forem tomadas medidas efetivas de prevenção e controlo, a mortalidade devida ao tabaco irá continuar a aumentar, podendo atingir os oito milhões de mortes, por ano, a partir de 2030.

Nova aplicação "Miúdos no Radar" ajuda a localizar crianças desaparecidas

No Dia Internacional das Crianças Desaparecidas, que se assinalou no passado dia 25 de maio, a APCD – Associação Portuguesa de Pessoas Desaparecidas lançou uma nova aplicação – Miúdos no Radar -, disponível para smartphones e tablets IOS e Android, que permite comunicar às autoridades o desaparecimento de crianças.
O projeto, que conta com a parceria da GNR e da PJ, tem por objetivo facilitar a localização de crianças desaparecidas, permitindo aos responsáveis pelos menores o envio de uma descrição pormenorizada da criança, através de um alerta acionado por um botão de pânico, após o qual as forças policiais, através de coordenadas GPS, procuram determinar a localização do dispositivo móvel respetivo.
Trata-se de um projeto apoiado pela Fundação Montepio que reconhece a importância e a necessidade de soluções eficazes de combate a este dramático problema.
A aplicação encontra-se disponível na Apple Store.
Fonte: Montepio | Direção de Marketing

Lubango - 90 anos como cidade - 1923/2013

PARABÉNS LUBANGO.

terça-feira, 28 de maio de 2013

Escritor Mia Couto ganha Prémio Camões - 2013

O vencedor do prémio literário mais importante da criação literária da língua portuguesa é o escritor moçambicano autor de livros como Raiz de Orvalho, Terra Sonâmbula e A Confissão da Leoa . É o segundo autor de Moçambique a ser distinguido, depois de José Craveirinha em 1991.

O júri justificou a distinção de Mia Couto tendo em conta a “vasta obra ficcional caracterizada pela inovação estilística e a profunda humanidade”, segundo disse à agência Lusa José Carlos Vasconcelos, um dos jurados.
A obra de Mia Couto, “inicialmente, foi muito valorizada pela criação e inovação verbal, mas tem tido uma cada vez maior solidez na estrutura narrativa e capacidade de transportar para a escrita a oralidade”, acrescentou Vasconcelos. Além disso, conseguiu “passar do local para o global”, numa produção que já conta 30 livros, que tem extravasado as suas fronteiras nacionais e tem “tido um grande reconhecimento da crítica”. Os seus livros estão, de resto, traduzidos em duas dezenas de línguas.
Do júri, que se reuniu durante a tarde desta segunda-feira no Palácio Gustavo Capanema, sede do Centro Internacional do Livro e da Biblioteca Nacional, fizeram também parte, do lado de Portugal, a professora catedrática da Universidade Nova de Lisboa Clara Crabbé Rocha (filha de Miguel Torga, o primeiro galardoado com o Prémio Camões, em 1989), os brasileiros Alcir Pécora, crítico e professor da Universidade de Campinas, e Alberto da Costa e Silva, embaixador e membro da Academia Brasileira de Letras, o escritor e professor universitário moçambicano João Paulo Borges Coelho e o escritor angolano José Eduardo Agualusa.
Também em declaração à Lusa, Mia Couto disse-se "surpreendido e muito feliz" por ter sido distinguido com o 25º. Prémio Camões, num dia que, revelou, não lhe estava a correr de feição. “Recebi a notícia há meia hora, num telefonema que me fizeram do Brasil. Logo hoje, que é um daqueles dias em que a gente pensa: vou jantar, vou deitar-me e quero me apagar do mundo. De repente, apareceu esta chamada telefónica e, obviamente, fiquei muito feliz”, comentou o escritor, sem adiantar as razões.

segunda-feira, 27 de maio de 2013

Montepio Euro Financial Services entre os 10 melhores nacionais

O Montepio Euro Financial Services - gerido pelo Montepio Gestão de Activos - foi considerado, pela Apfipp, o melhor fundo de investimento português na semana que fechou a meio de maio.
Esta é a primeira entrada de um fundo do Montepio para a liderança dos 10 melhores Fundos de Investimento Mobiliário (FIM) nacionais. Trata-se de um FIM que pertence à categoria dos fundos de ações setoriais que apresenta uma rendibilidade efetiva anual de 48,2%.
A primeira quinzena de maio foi dominada pelos fundos de ações, em detrimento dos fundos com proteção de capital, traduzindo o bom momento que o setor atravessa. Os fundos com ações portuguesas têm registado melhor performance relativamente aos fundos com ações europeias e norte-americanas.

Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais.

Montepio apoia o concerto comemorativo dos 125 anos do Jornal de Notícias


O Montepio apoia o concerto comemorativo dos 125 anos do Jornal de Notícias, que se realiza no próximo dia 1 de junho, pelas 22 horas, na Praça Eixo Atlântico do El Corte Inglés, em Vila Nova de Gaia.
  
Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

domingo, 26 de maio de 2013

Monaco Grand Prix - F 1 - 2013

 Nico Rosberg celebrates his victory on the Monaco podium © Getty Images
1º Nico Rosberg -Mercedes
2º Sebastian Vettel - Red Bull Renault
3º Mark Webber - Red Bull Renault

domingo, 19 de maio de 2013

sexta-feira, 17 de maio de 2013

Maldição de Béla Guttmann rebaptizada como maldição de António Mexia

A derrota por 2-1 na final da Liga Europa já teve consequências na mitologia benfiquista. A famosa maldição de Béla Guttmann, que continua ativa e pujante como se viu, foi ontem rebatizada como maldição de António Mexia. A praga do húngaro foi atualizada com o nome do presidente da EDP e passa a estar indexada ao PIB português, ao PSI-20 e à tarifa bi-horária de eletricidade. Genericamente, a maldição de António Mexia diz que o Benfica nunca ganhará um título europeu enquanto o PIB nacional não crescer acima de 5%.

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Poema em Linha Reta - Fernando Pessoa

Poema em Linha Reta

Nunca conheci quem tivesse levado porrada.
Todos os meus conhecidos têm sido campeões em tudo.
E eu, tantas vezes reles, tantas vezes porco, tantas vezes vil,
Eu tantas vezes irrespondivelmente parasita,
Indesculpavelmente sujo,
Eu, que tantas vezes não tenho tido paciência para tomar banho,
Eu, que tantas vezes tenho sido ridículo, absurdo,
Que tenho enrolado os pés publicamente nos tapetes das etiquetas,
Que tenho sido grotesco, mesquinho, submisso e arrogante,
Que tenho sofrido enxovalhos e calado,
Que quando não tenho calado, tenho sido mais ridículo ainda;
Eu, que tenho sido cômico às criadas de hotel,
Eu, que tenho sentido o piscar de olhos dos moços de fretes,
Eu, que tenho feito vergonhas financeiras, pedido emprestado sem pagar,
Eu, que, quando a hora do soco surgiu, me tenho agachado
Para fora da possibilidade do soco;
Eu, que tenho sofrido a angústia das pequenas coisas ridículas,
Eu verifico que não tenho par nisto tudo neste mundo.
Toda a gente que eu conheço e que fala comigo
Nunca teve um ato ridículo, nunca sofreu enxovalho,
Nunca foi senão príncipe — todos eles príncipes — na vida…
Quem me dera ouvir de alguém a voz humana
Que confessasse não um pecado, mas uma infâmia;
Que contasse, não uma violência, mas uma cobardia!
Não, são todos o Ideal, se os oiço e me falam.
Quem há neste largo mundo que me confesse que uma vez foi vil?
Ó príncipes, meus irmãos,
Arre, estou farto de semideuses!
Onde é que há gente no mundo?
Então sou só eu que é vil e errôneo nesta terra?
Poderão as mulheres não os terem amado,
Podem ter sido traídos — mas ridículos nunca!
E eu, que tenho sido ridículo sem ter sido traído,
Como posso eu falar com os meus superiores sem titubear?
Eu, que venho sido vil, literalmente vil,
Vil no sentido mesquinho e infame da vileza.

(Trecho de “Poema em Linha Reta”, de Fernando Pessoa)
 

Padre António Vieira - 1669

"Ministros da República, da Justiça, da Guerra, do Estado, do Mar, da Terra.
Vedes as desatenções do governo, vedes as injustiças, vedes os sonhos, vedes os descaminhos, vedes os enredos, vedes as dilações, vedes os subornos, vedes os respeitos, vedes as potências dos grandes, e as vexações dos pequenos, vedes as lágrimas dos povos, os clamoroso e gemidos de todos? Ou
os vedes ou não os vedes. Se os vedes, como não os remediais? E se não os remediais, como os vedes? Estais cegos."
Padre António Vieira - 1669

domingo, 12 de maio de 2013

sexta-feira, 10 de maio de 2013

Futuro - Grupo Montepio - 25 anos

Há 25 anos tivemos um sonho: tornar o seu Futuro um lugar melhor.
O sonho tornou-se um objetivo e do objetivo nasceu a obra. Chamámos-lhe Futuro.
Apenas um ano depois criava-se o primeiro Fundo de Pensões PPR nacional - PPR 5 ESTRELAS.
Hoje celebramos 25 anos de compromisso consigo. Renovou-se a imagem e a assinatura, reforçando a confiança na gestão criteriosa de Fundos de Pensões. A mesma confiança que move mais de 40.000 clientes.

Fonte:
FUTURO - Sociedade Gestora de Fundos de Pensões, S.A.
Entidade autorizada e supervisionada pelo Instituto de Seguros de Portugal

quinta-feira, 9 de maio de 2013

“O Guardador de Rebanhos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa

XXVI - Às vezes, em dias de luz perfeita e exacta,

Às vezes, em dias de luz perfeita e exacta,
Em que as coisas têm toda a realidade que podem ter,
Pergunto a mim próprio devagar
Porque sequer atribuo eu
Beleza às coisas.

Uma flor acaso tem beleza?
Tem beleza acaso um fruto?
Não: têm cor e forma
E existência apenas.
A beleza é o nome de qualquer coisa que não existe
Que eu dou às coisas em troca do agrado que me dão.
Não significa nada.
Então porque digo eu das coisas: são belas?

Sim, mesmo a mim, que vivo só de viver,
Invisíveis, vêm ter comigo as mentiras dos homens
Perante as coisas,
Perante as coisas que simplesmente existem.

Que difícil ser próprio e não ver senão o visível!

11-3-1914
“O Guardador de Rebanhos”. In Poemas de Alberto Caeiro. Fernando Pessoa.

Visitem o Arquivo Pessoa, aqui http://arquivopessoa.net/

quarta-feira, 8 de maio de 2013

Get the gringo - 2012


BCE cortou refi rate de 0.75% para 0.50%

BCE cortou refi rate de 0.75% para 0.50%, parecendo querer deixar a porta aberta a novos cortes, pese embora esse não constitua, no momento, o nosso cenário central, com o atual nível de taxas a dever constituir um mínimo de ciclo…

Não obstante ter sido divulgado um significativo conjunto de indicadores económicos para região, abrangendo tópicos como a atividade económica, o mercado laboral e a evolução dos preços, a semana ficou essencialmente marcada pela reunião do Conselho de Governadores do BCE, onde a autoridade decidiu, como esperado, reduzir a taxa de juro aplicável às operações principais de refinanciamento da Zona Euro, a refi rate, em 25 p.b., colocando-a em 0.50% (o último corte havia sido efetuado em julho de 2012), parecendo no seu discurso querer deixar a porta aberta a novos cortes (inclusivamente colocar a taxa de depósitos em valores negativos), pese embora esse não constitua, no momento, o
nosso cenário central, com o atual nível de taxas a dever constituir, para além de um novo mínimo histórico, um mínimo de ciclo.

Gilles Villeneuve (1950 – 1982) Gilles, ainda te recordamos

Nem Ayrton Senna, nem Michael Schumacher: a lenda é, para mim, Gilles Villeneuve. Ele foi, ainda é, será sempre, a forma como um piloto de F1 deve ser: sempre nos limites. Ganhar, ou ficar nos rails. Hoje, dia 8 de maio, faz 31 anos que ele ficou nos rails.





terça-feira, 7 de maio de 2013

The pink panther - 2006



segunda-feira, 6 de maio de 2013

Henrique Cardão - Um campeão que nos deixa - 2013

Minha homenagem a Henrique Cardão, bravo piloto de automóveis em Angola, que nos deixa. Fica na minha memória o nosso encontro no parque na Sra do Monte, onde eu e um grupo de amigos o ajudámos  a colocar os números nas portas do seu Camaro. Como paga ainda nos mostrou o boné do Stewart autografado. R.I.P.

3 Horas da Huíla -1974

domingo, 5 de maio de 2013

Apolo 13 - 1995


sábado, 4 de maio de 2013

5 de Maio - Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP

A Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vai comemorar, entre os dias 3 de Abril e 10 de Junho de 2013, a 6ª edição da “Semana Cultural da CPLP”, com uma programação dedicada às diversas vertentes da expressão cultural características dos povos da nossa Comunidade. Tendo como pano de fundo Lisboa, uma cidade que representa a comunidade de diversidade que caracteriza os nossos povos, as actividades desenvolvidas pretendem assinalar o dia 5 de Maio como “Dia da Língua Portuguesa e da Cultura na CPLP”, tal como foi fixado pelo Conselho de Ministros da CPLP de Julho de 2009.

Conexão Lusófona - O Festival

No próximo dia 4 de Maio a Conexão Lusófona organiza a segunda edição do seu festival de música assinalando a abertura oficial da Semana Cultural da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) em Lisboa.
Desta vez, o nobre espaço do Pátio da Galé recebe o evento que pretende levar a uma nova dimensão o número de pessoas que despertam para o tema Lusofonia.
No espetáculo, novos talentos partilham o palco com nomes já consagrados que apadrinham a iniciativa: Bena Lobo, Bonga, Boss AC, Dino d'Santiago, Elisa Rodrigues, Filipe Mukenga, Gapa, Karyna Gomes, Kay Limak, Micas Cabral, NBC, Orlanda Guilande, Quinteto Luso-Baião e Selma Uamusse são os nomes do evento.
Após o concerto, a festa continua noite dentro com Dj Set.
Prometem-se muitas e boas conexões numa noite que celebra o Dia da Língua Portuguesa e da Cultura da CPLP, que patrocina esta iniciativa.

sexta-feira, 3 de maio de 2013

Rastreio de Asma gratuito - Hospital da Cruz Vermelha




No próximo dia 7 de maio, Dia Mundial da Asma, o Hospital da Cruz Vermelha, em Lisboa, realizará um “Rastreio da Asma” promovido pela APA – Associação Portuguesa de Asmáticos e dedicado ao tema “(Re)conhecer a Asma”.
A ação de rastreio é gratuita e as inscrições deverão ser efetuadas, até 6 de maio, mediante marcação prévia através do Tel. 217 784 048.
Sabia que…
A Asma Brônquica é uma doença muito frequente, de gravidade variável, que atinge todos os grupos etários?
Afeta, em todo o mundo, cerca de 100 000 000 pessoas, atingindo, nos países ocidentais, 5% dos adultos e 10% das crianças. Através de um diagnóstico precoce e da aplicação de medidas profiláticas e terapêuticas corretas é possível assegurar um controlo adequado na maioria dos doentes.
 

quinta-feira, 2 de maio de 2013

Seven pounds


quarta-feira, 1 de maio de 2013