The Widgipedia gallery
requires Adobe Flash
Player 7 or higher.

To view it, click here
to get the latest
Adobe Flash Player.
Get this widget from WidgipediaGet this widget from WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ Widgipedia

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

sábado, 26 de janeiro de 2013

Senha 001 para serviços públicos



http://www.senha001.gov.pt/servicos.php

Está disponível desde ontem um novo serviço público.
O Senha 001 passa a permitir a realização totalmente online de algumas tarefas de interacção com os serviços do Estado, a partir de uma única plataforma e recorrendo ao Cartão de Cidadão.
Alterar a morada, pedir uma segunda via da carta de condução, marcar uma consulta ou criar uma empresa são as possibilidades que já convergiram para o novo site.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Luanda fundada em 25 de Janeiro de 1576

A 25 de janeiro de 1576 foi fundada, por Paulo Dias de Novais, São Paulo da Assunção de Luanda, atual capital de Angola. Aqui apresentamos uma imagem desta cidade http://digitarq.dgarq.gov.pt/viewer?id=3683466, datada de 1939, pertencente ao fundo da Companhia de Moçambique http://digitarq.dgarq.gov.pt/details?id=3673390 do Arquivo Nacional

Louvor e Simplificação de Álvaro de Campos (FRAGMENTO) de Mário Cesariny de Vasconcelos

Louvor e Simplificação de Álvaro de Campos

(FRAGMENTO)
de Mário Cesariny de Vasconcelos
«Coitado do Álvaro de Campos!» «Tão isolado na vida! Tão deprimido nas sensações!»
«Coitado dele, enfiado na poltrona da sua melancolia!»
«Coitado dele, que com lágrimas (autênticas) nos olhos,»
«Deu hoje, num gesto largo, liberal e moscovita
«Tudo quanto tinha, na algibeira em que tinha pouco, àquele
«Pobre que não era pobre, que tinha olhos tristes profissão.»
«Coitado do Álvaro de Campos, com quem ninguém se importa!»
«Coitado dele que tem tanta pena de si mesmo!»
«E, sim, coitado dele!»
«Mais coitado dele que de muitos que são vadios e vadiam.»
«Que são pedintes e pedem,»
«Porque a alma humana é um abismo.»
«Eu é que sei. Coitado dele!»
*
«Primeiro o navio a meio do rio, destacado e nítido,»
«Depois o navio a caminho da barra, pequeno e preto)»
«Depois, ponto vago no horizonte (ó minha angústia!»
«Ponto cada vez mais vago no horizonte.»

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

Marcas de Cigarros

Santa Justa - Açores - Portugal

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

2013 - Car Launch Dates - F 1


Montepio assume presidência do GRACE

Os novos órgãos sociais do GRACE – Grupo de Reflexão e Apoio à Cidadania Empresarial que desempenharão funções no biénio 2013-2014 tomaram posse hoje, em cerimónia realizada nas instalações da Fundação Luso-Americana e que conferiu posse, como presidente, a Paula Guimarães, responsável pelo Gabinete de Responsabilidade Social do Montepio.
A lista eleita, proposta pela anterior direção, apresentou um projeto de renovação e dinamização dos processos de gestão orientado para o objetivo claro de dar continuidade aos projetos até aqui desenvolvidos pelo GRACE, mas também de oportunidade a novas entidades para que incrementem a sua atuação.
A composição dos órgãos sociais do GRACE é, a partir de hoje, a seguinte:

ASSEMBLEIA GERAL
Presidente
Conceição Zagalo (IBM)
Secretários
Leonor Botto (Linklaters)

Filomena Esteves de Carvalho (Essilor)

CONSELHO FISCAL
Presidente
Sérgio Figueiredo (Fundação EDP)
Vogais
Alexandra Mariz (Unicer)

Nuno Maia (Secil)


DIREÇÃO
Presidente
Paula Guimarães (Montepio)
Vice-Presidentes 
Domingas Carvalhosa (Lift Consulting)

Margarida Couto (Vieira de Almeida & Associados)
Vogais
Joaquim Damas (ANA Aeroportos)

Gonçalo Cavalheiro (CAOS)

Carolina Leite (CH Consulting)

Dionísia Gomes (Delta)

Luís Roberto (BP Portugal)

Rita Amieiro (Merck Sharp & Dohme)
 
Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

França-Alemanha: Cinquenta velas sem grande chama

Diferença de estatura? Charles de Gaulle e Konrad Adenauer; François Hollande e Angela Merkel 
A França e a Alemanha comemoram o aniversário do Tratado do Eliseu em que viria a assentar o entendimento entre os dois países, num momento em que a relação entre ambos está em crise. Os franceses fazem má cara ao sucesso económico dos alemães, que não se privam de sublinhar as fraquezas dos seus vizinhos. Apesar de tudo, é preciso que a dupla continue a entender-se. 

segunda-feira, 21 de janeiro de 2013

Eugénio de Andrade - 1948

Em cada fruto a morte amadurece
deixando inteira, por legado
uma semente virgem que estremece
logo que o vento a tenha desnudado

Eugénio de Andrade
In: As mãos e os frutos (1948)

domingo, 20 de janeiro de 2013

40º Aniversário da morte de Amílcar Cabral 1973 - 2013

No dia 20 de janeiro, assinala-se os 40 anos do seu assassinato, ocorrido na Guiné-Conacri. São vários os títulos e teses publicados na última década sobre a vida e obra de Amílcar Cabral, que teria completado 89 anos a 12 de setembro se fosse vivo. Alguns autores enveredaram pelo caminho da investigação para indagar sobre a verdade à volta da morte, a 20 de janeiro de 1973, daquele que foi o fundador e secretário-geral do PAIGC (Partido Africano para a Independência da Guiné-Bissau e Cabo Verde) e destacado líder dos movimentos de libertação das antigas colónias portuguesas em África.
Aristides Pereira, primeiro presidente de Cabo Verde que sucedeu a Cabral na liderança do partido guineense, tentou explicar a sua morte numa obra lançada em Cabo Verde e em Portugal, da autoria do cabo-verdiano José Vicente Lopes (ver África21 de junho de 2012). No livro-entrevista Aristides Pereira, Minha Vida, Nossa História as dúvidas parecem ficar esclarecidas. Mas a interrogação «Quem mandou matar Amílcar Cabral?», plasmada nesta publicação, também já tinha sido suscitada pelo jornalista português, José Pedro Castanheira, num livro publicado em 1995, precisamente com esse título.
Entre tantos enigmas, Pedro Castanheira tratou com os seus escritos de dar um contributo para desvendar um crime que permanece misterioso. Terá sido a Pide? Ou terá sido a mando de Sekou Touré, então Presidente da República da Guiné? O autor material do crime, segundo Aristides Pereira, foi Inocêncio Cani, um dos guerrilheiros de grande confiança de Cabral, que não teria agido sozinho.
Leia versão integral na edição impressa da revista África21 (N.º 70, dezembro 2012/janeiro 2013). Para assinar a revista contacte: jbelisario.movimento@gmail.com

Stéphane Peterhansel vence Dakar 2013

 Stéphane Peterhansel vence Dakar, Carlos Sousa repete o sexto lugar do ano passado e Paulo Fiúza, ao lado do Argentino Orlando Terranova, termina na quinta posição.



Esta é a 11ª vitória de Stéphane Peterhansel na prova, seis nas motos e cinco nos autos, num rali que apesar de ter liderado desde bastante cedo, teve bastante luta até à desistência de Nasser al-Attiyah, e só a partir daí ficou completamente à vontade no comando da prova. No segundo lugar ficou o Toyota de Giniel de Villiers, que nunca teve argumentos para contrariar o homem do MINI.
Terceiro lugar para Leonid Novitskiy (MINI), um piloto muito regular, que acabou por ter alguma sorte quando a organização decidiu anular parte de uma especial, precisamente no dia em que o russo teve verdadeiros problemas no seu MINI. Nani Roma (MINI) foi quarto, com a X-Raid a terminar a corrida com quatro carros nos cinco primeiros, com Orlando Terranova e Paulo Fiúza a serem quintos classificados com o BMW X3 CC, na frente de Carlos Sousa e Miguel Ramalho, com o piloto luso a igualar os seus feitos de 2010 e 2012, nas suas três únicas participações no atual formato sul-americano do rali.
Quem dizia que os buggy iam dar luta aos 4x4 teve razão com o empate em vitórias nas especiais, sete contra sete, mas a verdade é que os carros de
Nasser Al-Alttiyah (3 triunfos), Robby Gordon (2), Carlos Sainz (1) e Guérlain Chichérit (1), não tiveram a mesma fiabilidade dos 4X4, que venceram também sete vezes, Stéphane Peterhansel (2), Nani Roma (4) e Orlando Terranova (1).

Rali Monte Carlo 2013 - Sebastian Loeb vencedor

Classificação final do Rali de Monte Carlo
 1. Sebastien Loeb (Citroen), 5h18m57.2s

2. Sebastien Ogier (Volkswagen),+ 1m39.9s
3. Dani Sordo (Citroen), + 3m49.0s 

sábado, 19 de janeiro de 2013

Dakar'2013: Ruben Faria (KTM) termina prova em 2.º

É o melhor português de sempre na competição
sábado, 19 janeiro de 2013 | 18:23

Ruben Faria (KTM) alcançou este sábado o melhor resultado de sempre de um piloto português no Dakar, ao terminar a mítica prova de todo-o-terreno na 2. posição, atrás do companheiro e líder da equipa, o francês Cyril Desprès.
Na 14.ª e derradeira etapa da prova, Faria chegou na 2.ª posição, a 29 segundos do vencedor, Francisco "Chaleco" López (KTM). Faria termina assim o Dakar com uma vantagem de 8.05 minutos para o chileno, 3.º classificado, e a 10.43 minutos de Desprès, que conquistou a prova pela 5.ª vez na carreira.
Destaque ainda para a presença de mais dois portugueses no top 10 do Dakar. Hélder Rodrigues terminou a tirada em 4.º e, na geral, foi 7.º. O piloto português de 33 anos partiu para a América do Sul com o objetivo de lutar pela vitória, mas uma série de problemas mecânicos ditaram o afastamento precoce. Ainda assim, Rodrigues foi o melhor elemento da Honda em ação.
Paulo Gonçalves fechou o top 10 com uma ponta final do Dakar fulminante, tendo sido 9.º na 14.ª etapa. O piloto de 34 anos foi o melhor elemento da Husqvarna oficial, mesmo à frente do espanhol Joan Barreda Bort, que desiludiu e foi apenas 17.º na geral.

CAN 2013

Começa hoje, sábado, 19.01, o CAN 2013, o Campeonato Africano das Nações. A África lusófona participa com Angola e Cabo Verde! 

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

Orgãos sociais do Montepio tomaram posse a 11 de janeiro

"Construir uma instituição cada vez mais forte, cada vez melhor, da qual todos tenhamos orgulho, a que todos gostemos de pertencer… uma instituição que contribua para uma visão diferente da sociedade, para a melhoria da vida das pessoas. Uma instituição à altura das suas responsabilidades".
António Tomás Correia


Os Órgãos Associativos e Institucionais do Montepio Geral – Associação Mutualista e da Caixa Económica Montepio Geral eleitos para o triénio 2013/2015 tomaram posse na passada sexta-feira, 11 de janeiro, em cerimónia realizada no auditório do edifício-sede da nossa Instituição.
Na presença de mais de duas centenas e meia de associados, que fizeram questão de assistir ao ato, foi conferida posse ao Presidente da Mesa da Assembleia Geral, Vítor Melícias Lopes, que, por sua vez, empossou os restantes membros da Mesa da Assembleia Geral, Conselho de Administração, Conselho Fiscal e Conselho Geral. Na ocasião, Vítor Melícias Lopes deixou uma mensagem de agradecimento e reconhecimento a quantos participaram neste ato eleitoral e saudou "os valores identitários" do Montepio, valores que, por serem específicos do mutualismo, "a distinguem no grande universo do humanismo, do associativismo e da solidariedade".
Logo após ter formalizado a posse para um mandato de mais três anos, também o Presidente do Conselho de Administração, António Tomás Correia, se dirigiu aos presentes para garantir que "os próximos três anos serão de grande exigência", para reforçar a mensagem de "grande confiança nas capacidades do Montepio, na capacidade de todos quantos aqui trabalham e na capacidade dos seus órgãos sociais para escolherem os melhores caminhos” e para afirmar que o Montepio "é e continuará a ser a instituição financeira, por excelência, de todas as instituições e de todo o setor da Economia Social".
Determinado a apontar o desafio e o trabalho que será desenvolvido pelo Montepio no sentido de "aproveitar todas as oportunidades que a economia, mesmo em tempo de crise, proporcione, e de continuar a apresentar-se como uma instituição independente em relação ao mercado e aos poderes", Tomás Correia afirmou o valor social e a importância nacional do Montepio e descreveu a organização como sendo uma instituição centenária, sólida, imprescindível ao progresso social, aos valores associativos e mutualistas.
A terminar, o Presidente garantiu que, juntos, construiremos "uma instituição cada vez mais forte, cada vez melhor, da qual todos tenhamos orgulho, a que todos gostemos de pertencer… uma instituição que contribua para uma visão diferente da sociedade, para a melhoria da vida das pessoas. Uma instituição à altura das suas responsabilidades". Um forte e longo aplauso encerrou a cerimónia e assinalou o início de um novo ciclo.

Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

Expresso e SIC adotam simulador Ei Montepio


Simulador Ei que apura salário a partir das novas tabelas de IRS foi a ferramenta escolhida pelo Expresso e pela SIC Online   

As edições online da SIC e do semanário Expresso disponibilizam aos seus leitores o simulador Ei, ferramenta concebida pela nossa Instituição e destinada a apoiar o cálculo do salário a partir das tabelas de IRS em vigor para 2013.
A escolha desta ferramenta por tão importantes meios de comunicação social confirma a eficácia e a credibilidade da informação veiculada no Portal Ei – Educação, Informação que, desde novembro de 2012, tem por missão informar, esclarecer e responder a todas as questões financeiras.
O Portal Ei – Educação, Informação nasceu inspirado nos valores mutualistas que definem e diferenciam o Montepio – Associação Mutualista e tem por objetivo explicar, simplificar e apoiar a boa gestão do dinheiro.
Aceda a ei.montepio.pt e saiba mais.
 
 Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais
 

E-MARIA apresenta novas métricas de avaliação de risco

No passado dia 14 de janeiro realizou-se o seminário “E-MARIA - European Manual on Risk Assessment and Management”, no Auditório do Edifício Novo da Assembleia da República, com o intuito de aprofundar as temáticas dos Direitos Humanos das Mulheres e a Avaliação e Gestão de Risco e Redes/Parcerias, no qual o Montepio esteve representado através do Gabinete de Responsabilidade Social.
Registam-se as intervenções de Margarida Medina Martins da AMCV - Associação de Mulheres Contra a Violência – instituição mandatária do país no projeto europeu E-MARIA –, Luís Isidro, representante da Direção-Geral da Administração Interna, Helena Gonçalves, delegada da Procuradora-Geral da República e de Fátima Duarte, representante da Secretária de Estado para os Assuntos Parlamentares e para a Igualdade e Presidente da Comissão para a Cidadania e para a Igualdade de Género.
Durante a sessão, foi feita uma apresentação do trabalho desenvolvido pela AMCV, apoiado pela Fundação Montepio, com uma breve resenha histórica da atividade desta Associação, desde a sua abordagem inicial à “Violência de Rua” à defesa dos Direitos Humanos das Mulheres, Jovens e Crianças.
De acordo com o representante do Ministério da Administração Interna, a abordagem do E-MARIA ao tema da violência doméstica tem subjacentes métricas de avaliação de risco, no contexto das forças policiais, que proporcionam uma proteção policial mais eficaz e célere.

Leque avança com fábrica de brinquedos para crianças deficientes - Alfandega da Fé

Com o apoio do Montepio.

terça-feira, 15 de janeiro de 2013

Novo Parlamento Luanda Angola












Soneto - Augusto dos Anjos


Canta teu riso esplêndido sonata,
E há, no teu riso de anjos encantados,
Como que um doce tilintar de prata
E a vibração de mil cristais quebrados.

Bendito o riso assim que se desata
- Citara suave dos apaixonados,
Sonorizando os sonhos já passados,
Cantando sempre em trínula volata!

Aurora ideal dos dias meus risonhos,
Quando, húmido de beijos em ressábios
Teu riso esponta, despertando sonhos...

Ah! Num delíquio de ventura louca,
Vai-se minh'alma toda nos teus beijos,
Ri-se o meu coração na tua boca!

Augusto de Carvalho Rodrigues dos Anjos (Paraíba, 20 de abril de 1884 - Leopoldina, Minas Gerais, 12 de novembro de 1914), poeta brasileiro.

iPai


segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Fabricio Dom

http://domcriarte.blogspot.pt/
Fabricio Dom nasceu na província de Uige, município de Danba, na aldeia de Thoso, a qual tem como língua oficial o idoma  Kikongo.
Em 1989 vai morar com seu pai em Luanda, com o qual aprende  várias técnicas de pintura. Na cidade de Luanda, já em 1995 inicia sua atuação profissional como modelo, estilista e artista plástico. Porém ao perceber um gosto peculiar pela Arte Plástica, projeta uma jornada de estudo, visando o aprimoramento de sua capacidade em pintar e neste mesmo ano, começa a traçar seus primeiros riscos. Contudo, com o empenho de qualificar suas obras, em 1998 realiza sua primeira viagem para Johanesburgo - África do Sul, em busca de capacitação profissional.

Em 1999 após seu investimento na capacitação profissional, dá inicio a várias exposições, que ocorrem em vários lugares, como na República do Congo, em Lisboa (Portugal), Johanesburgo (África do Sul), e no Brasil, expondo nas cidades de São Paulo, Jundiaí, Leme, Assis, e no Rio por duas vezes no Espaço Cultural de Angola e com exposição em outubro de 2011, em Brasília na Embaixada da Noruega

domingo, 13 de janeiro de 2013

sexta-feira, 11 de janeiro de 2013

Tchalê Figueira

Rainha do Carnaval, acrílico s/tela, 150x250 cm, 2004 ©Tchalê Figueira

Imunidade parlamentar?

Alguém sabe-me explicar por que razão uma deputada da Nação que é apanhada pela polícia a conduzir bêbada tem direito à imunidade parlamentar? Pensava eu que eles estavam obrigados (antes de mais, e antes dos direitos), aos deveres da responsabilidade e da exemplaridade. Enganei-me!

Izmailov assinou contrato com a duração de 5 lesões com o Porto

Izmailov passou nos exames médicos e assinou um contrato válido com o FC Porto por 5 intervenções cirúrgicas.
O contrato, clinicamente irrecusável, ao nível de Sokota e Mantorras, inclui ainda 4 pubalgias, 3 tendinites, gesso ilimitado, 4 traumatismos, 3 distensões musculares na anca esquerda, canadianas em ouro de 24 quilates com cristais Swarovski, 3 raspagens do tendão rotuliano do joelho direito e uma cadeira de rodas topo de gama no camarote VIP para assistir aos jogos da sua equipa.
Inimigo Público

quinta-feira, 10 de janeiro de 2013

Nova nota de cinco euros entra em circulação a 2 de maio de 2013

Segundo o Eurosistema – representado em Portugal pelo banco de Portugal – vai-se iniciar a substituição das atuais notas de euro por uma segunda edição que incorporará inovações tecnológicas ao nível da prevenção das falsificações e que permitirá dar o merecido descanso às notas em circulação.
O Banco de Portugal lançou hoje o kit de imprensa sobre a primeira destas notas que entrará em circulação a 2 de maio de 2013 – a nota de 5 € euros. Note-se contudo que a atual nota continuará em circulação em simultâneo com a nova nota, devendo, durante alguns meses, existir edição simultânea de ambas (até se esgotarem as reservas de material em armazém, afetas à produção da primeira edição).
Além das informação disponibilizada pelo Banco de Portugal no seu sítio na internet, pode ainda visitar o sítio dedicado às novas notas: www.novafacedoeuro.eu no qual poderá jogar ao “Euro Cash Academy”.
À nota de €5 sergir-se-ão as restantes, progressivamente, e de ordem crescente de valor, não havendo ainda datas de referência divulgadas. Recomendamos que, caso não conheça alguma nota que lhe queiram entregar, confirme a sua autenticidade seguindo as indicações de teste enumeradas no kit de imprensa. O Banco de Portugal irá também realizar ações de formação para despiste de falsificações (mais detalhes aqui). Um excerto sobre o porquê no novo nova desta segunda série, a série Europa:

“(…) A nova série de notas de euro é denominada “série Europa” devido a um retrato de Europa – uma figura da mitologia grega que deu origem ao nome do nosso continente – que aparece no holograma e na marca de água das notas.
A utilização de retratos em notas de banco é uma tradição a nível mundial e estudos indicam que as pessoas tendem a reconhecer os rostos intuitivamente. Por isso, o Eurosistema seleccionou um retrato de Europa para figurar na marca de água e no holograma da nova série de notas de euro. Esta imagem de Europa foi retirada de um vaso com mais de 2 mil anos, encontrado no Sul de Itália, pertencente à colecção do Museu do Louvre em Paris. Este retrato foi escolhido devido à sua clara associação com o continente europeu e também porque confere um toque humano às notas.
Na mitologia grega, Europa, a filha de um rei fenício, foi seduzida por Zeus, que para tal assumiu a forma de um touro e a levou para Creta. Esta história inspirou os gregos antigos a usarem “Europa” como termo geográfico. (…)”
In:  http://economiafinancas.com/2013/nova-nota-de-cinco-euros-entra-em-circulacao-a-2-de-maio-de-2013/

Marcas de Cigarros

Sagres - Portugal

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

Luís Vaz de Camões - O Poeta

Comecemos então 2013 poetando da melhor maneira, e na melhor tradição lírica.

Ditoso seja aquele que somente
Se queixa de amorosas esquivanças;
Pois por elas não perde as esperanças
De poder nalgum tempo ser contente.

Ditoso seja quem, estando absente,
Não sente mais que a pena das lembranças,
Porque, inda mais que se tema de mudanças,
Menos se teme a dor quando se sente.

Ditoso seja, enfim, qualquer estado,
Onde enganos, desprezos e isenção
Trazem o coração atormentado.

Mas triste de quem se sente magoado
De erros em que não pode haver perdão,
Sem ficar na alma a mágoa do pecado.

 

segunda-feira, 7 de janeiro de 2013

domingo, 6 de janeiro de 2013

Anúncios antigos - Cuca - Angola - 1972


Jornal Expresso - 40 anos - 6 de Janeiro 1973



Parabéns ao Expresso. Parabéns ao Dr. Balsemão por estes 40 anos de boa informação.

sábado, 5 de janeiro de 2013

Dakar - 2013



Seis portugueses, cinco em motos e um em carro, partiram hoje para o rali todo-o-terreno Dakar'2013. São eles: Hélder Rodrigues, Ruben Faria, Paulo Gonçalves, Pedro Prata e Mário Patrão (em motos) e Carlos Sousa (em carros).

A prova de 14 dias liga o Peru ao Chile com passagem pela Argentina, com mais de 8.000 quilómetros para percorrer em duas semanas e apenas um dia de descanso, a 13 de janeiro, em solo argentino.

Entre os portugueses presentes há um, Hélder Rodrigues, que assume o objetivo de vencer. Aos 33 anos o piloto parte com o estatuto de líder da equipa oficial da Honda. Os principais adversários do português na luta pela vitória final são Cyril Deprés e Francisco Lopez (KTM), Jordi Vladoms e Joan Barreda (Husqvarna) e David Casteau (Yamaha).

Os outros quatro portugueses a competir em motos tem ambições mais contidas e procurarão chegar ao final num honroso lugar: Ruben Faria (KTM), Paulo Gonçalves e Pedro Prata (Husqvarna) e Mário Patrão (Suzuki).

Carlos Sousa é o único português a competir em carros e, como o próprio admte, será difícil repetir o 6.º lugar conquistado na edição do ano passado. O português que terá como navegador o experiente Miguel Ramalho irá correr ao volante  do carro chinês da Great Wall.