The Widgipedia gallery
requires Adobe Flash
Player 7 or higher.

To view it, click here
to get the latest
Adobe Flash Player.
Get this widget from WidgipediaGet this widget from WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ WidgipediaMore Web & Desktop Widgets @ Widgipedia

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Debate "Da instabilidade bancária ao risco do colapso?" 03.12.2014 - Auditório MONTEPIO

O Observatório sobre Crises e Alternativas do Centro de Estudos Sociais realiza no próximo dia 3 de dezembro, às 18h30, no Auditório do Montepio em Lisboa a apresentação do livro A economia política do retrocesso. Crise, causas e objetivos.
Intervirão na sessão, que será também de debate em torno da interrogação “Da instabilidade bancária ao risco de colapso?” Miguel Cadilhe, Nuno Teles, José Reis e António Tomás Correia.
Para mais informações, consulte aqui. 
Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

terça-feira, 25 de novembro de 2014

LIGA CABO-VERDIANA DOS AMIGOS DA LÍNGUA PORTUGUESA

LIGA CABO-VERDIANA DOS AMIGOS DA
LÍNGUA PORTUGUESA

Preâmbulo

Tendo em atenção o peso histórico e social da LP em Cabo Verde, como primeira língua que se ouviu falar neste Arquipélago, (séc. XV) e como língua que serviu de matriz principal à formação do crioulo cabo-verdiano;
Tomando em linha de conta o facto de a Língua portuguesa ser a língua veicular do ensino e da instrução pública e privada do País com séculos de existência, com reconhecida validade enquanto presença constante e garantida em todos os patamares e níveis de escolaridade nacional;

Tendo sempre presente que a Língua portuguesa é a língua/testemunha de quase toda a documentação escrita histórica, social e cultural que atesta e narra o percurso das ilhas desde o seu achamento em 1460, até aos nossos dias;

Tendo em linha de conta que a Língua portuguesa é para nós, a língua de comunicação internacional, nomeadamente na nossa ligação com falantes dos países da CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa);

Estando ciente de que o falante cabo-verdiano que caminha para o bilinguismo funcional, deverá sentir-se orgulhoso em possuir nestas ilhas, um veículo linguístico vetusto, rico e bem apetrechado a todos os níveis; um valioso instrumento veicular para todas e quaisquer situações elocutórias, quer sejam elas coloquiais, informais e/ou formais, quer sejam de natureza técnico-científica, académica e pedagógica, quer ainda cultural;

Considerando o prestígio da língua portuguesa entre nós pela sua antiguidade e pela sua importância como principal obreira na nossa evolução cultural e académica;
Considerada ainda, como a mais importante fonte actual, para o enriquecimento etimológico, vocabular e sintáctico da já denominada e reconhecida Língua cabo-verdiana;
Reconhecendo a Língua portuguesa como pilar da sustentabilidade e de ligação entre os países de CPLP (Comunidade dos Países de Língua Portuguesa) e reconhecendo também a mestiçagem deste idioma que engloba vocábulos dos diferentes povos que o falam e com eles partilha e dá a conhecer a diversidade cultural de que os mesmos se compõem;

Considerando finalmente, que a Língua Portuguesa é património cabo-verdiano e como tal deve ser estimada e preservada entre nós;

 Nestes termos:

É criada a Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa, adiante designada abreviadamente por LICALP com as seguintes clausulas:

Cláusula 1
Definição, objectivos e perfil de membro

1.     A LICALP, é uma associação civil, apolítica, sem fins lucrativos, composta de membros, homens e mulheres, que possuem como valor e gosto comuns, o facto de prezarem em fazer uso corrente da Língua portuguesa – falando-a e escrevendo-a – enquanto importante meio de comunicação, língua viva, afectiva e de cultura.
2.     A LICALP tem por objectivo primordial a preservação, a difusão e a expansão oral e escrita da Língua portuguesa entre os falantes cabo-verdianos.
3.     O membro da LICALP distingue-se pela sua contribuição e reivindicação por maior difusão do português, entre os falantes cabo-verdianos de todas as idades, numa perspectiva inter-geracional e com o objectivo de que este veículo de comunicação seja considerado sem reservas, património de Cabo Verde e uma riqueza linguística com parâmetros afectivos, culturais e históricos, possuidora de uma incontornável valência técnica/científica que deve ser mantida e cuidada nestas ilhas.
4.     A defesa da expansão da língua portuguesa entre nós, quer sob a forma oral, quer sob a forma escrita, quer ainda sob a forma formal/coloquial, é o requisito indispensável e exigível para o perfil e a para a condição de membro e a sua contribuição primeira à Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa.
5.     Outro requisito exigido para se pertencer à liga dos Amigos da Língua Portuguesa é que o membro da Liga seja de facto, em juízo e de livre escolha, um dinamizador actuante, um defensor atento, através do seu próprio exemplo, da sua prática oral e escrita, e da sua dedicação, à persecução da continuidade, da permanência, em suma, da existência viva e visível da língua portuguesa em Cabo Verde, a par da língua cabo-verdiana, o crioulo, seu descendente directo

Cláusula 2
Actividades e emblema

1.     A Liga pretende contribuir, de forma voluntária e benévola, através de actividades que se revestirão de formas diversas, e em qualquer local do País para a preservação e para a expansão da língua portuguesa entre nós; para que a sua oralidade não pereça em Cabo Verde e para que a sua escrita seja estimada, estudada e cuidada.
2.     Para tal, e como já referido, a LICALP, dinamizará junto dos falantes cabo-verdianos actividades – através do serviço público dos média nacionais (Jornais, Rádio e Televisão e em rede digital) – que se podem revestir de carácter didáctico e lúdico e todas igualmente conducentes à apetência para a boa prática da oralidade e da escrita da Língua portuguesa.

Cláusula 3ª
Lema

1.     O emblema simbólico da Liga é: «É Bom Falar português!».
2.     A frase que ilustra o emblema pretende significar não só as vantagens e a riqueza linguística desta Língua viva entre nós, como também demonstrar a afeição, o gosto e o preito do falante cabo-verdiano à Língua Oficial e à Língua segunda do país. 

Cláusula 4ª
(Membro)

Considera-se membro efectivo da LICALP, o cidadão, que em consciência e de livre vontade, aponha a sua assinatura neste documento, o que será demonstrativo e suficiente da sua adesão aos princípios que norteiam a Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa.
Cláusula 5ª
Divulgação
 A divulgação dos objectivos da Liga Cabo-verdiana do Amigos da Língua Portuguesa, nos meios de comunicação social e das redes sociais adequados, é condição suficiente que consagra a existência a Liga Cabo-verdiana dos Amigos da Língua Portuguesa.  


Cabo Verde, Outubro de 2013.

(Junte-se a nós. Torne-se membro activo da LICALP)

Seguem-se subscritores:
Arcádio Monteiro
Arnaldo Vasconcelos França
Gabriel Moacyr Rodrigues
Ondina Maria Duarte Fonseca Rodrigues Ferreira
Óscar António Barbosa Ribeiro

Montepio - Linha Phone24 reconhecida pela qualidade no atendimento telefónico - Novembro 2014

Os resultados foram conhecidos no decorrer do Congresso Global Contact Center, numa cerimónia realizada a 13 de novembro, no Centro Cultural de Belém, em Lisboa.
Neste Congresso o Montepio foi representado com o tema “Como transformar o seu colaborador em ‘conselheiro’ do cliente, motivado e entusiasmado”, tendo ficado a conhecer os resultados da avaliação da qualidade de serviço de atendimento telefónico, efetuado através de mistery calls, entre 6 e 27 de outubro.
De periodicidade anual, a avaliação assenta nos parâmetros da:

- Disponibilidade
- Educação e Amabilidade
- Expressão oral
- Aspetos agradáveis
- Tratamento da chamada
- Uso da linguagem
- Tipo de discurso
- Solução num único telefonema
- Conhecimentos e profissionalismo do Gestor de Contacto
- Adaptabilidade do Gestor de Contacto à situação
- Acolhimento / Despedida
Constatamos que a qualidade do atendimento na Linha Phone24 atingiu níveis muito elevados, com uma média final de 95,97%.
 

Fonte: Montepio | Gabinete de Relações Públicas Institucionais

domingo, 23 de novembro de 2014

Lewis Hamilton - Campeão do Mundo de F 1 - 2014



F 1 - Abu Dhabi Grand Prix, Yas Marina Circuit, November 23, 2014

Hamilton celebrates with the trophy, Abu Dhabi Grand Prix, Yas Marina Circuit, November 23, 2014 © Getty Images

F C Porto em Angola - Novembro 2014 - Protocolo entre a Academia de Futebol de Angola (AFA) e os Dragões



Protocolo homologado com novo encontro ao mais alto nível

Jorge Nuno Pinto da Costa entregou a José Eduardo dos Santos o Dragão de Honra

Este sábado, na véspera do regresso da comitiva do FC Porto a Portugal, foi ratificado o protocolo entre a Academia de Futebol de Angola (AFA) e os Dragões, com delegações ao mais alto nível, de parte a parte. Tal como na sexta-feira, o presidente José Eduardo dos Santos, patrono da AFA, voltou a encontrar-se com o seu homólogo portista. Na sala VIP da Academia, Jorge Nuno Pinto da Costa entregou ao líder angolano o Dragão de Honra e uma camisola autografada dos portistas. Depois, lado a lado, na tribuna de Honra, assistiram aos encontros de futebol entre formações de ambas as instituições.

"É muito importante que crianças de dez anos se habituem a conviver nos dois países, porque eles serão os homens de amanhã. Com estas iniciativas compreendem que nós somos dois povos num povo só", afirmou o líder portista, que salientou que treinadores do FC Porto se poderão deslocar a Angola e que jovens do país terão a oportunidade de estagiar em Portugal. Jorge Nuno Pinto da Costa encontrou-se ainda com o popular cantor angolano Anselmo Ralph.

Os resultados dos jogos, disputados debaixo de muito calor, acabaram por ser a parte menos importante, tendo-se saldado por uma vitória para cada lado. Os Sub-11 azuis e brancos venceram por 5-1 os Sub-10 da AFA, com golos de Nuno, Hugo Félix, Gonçalo Esteves (2) e Marco Cruz. Já os Sub-15 perderam face à formação homóloga da AFA, por 2-1. A equipa de Luis Gonçalves marcou primeiro, por intermédio de João Serrão, através de um pontapé de canto, mas os angolanos deram a volta ao marcador, cum um golo em cada metade, de forma justa.
In http://www.fcporto.pt/pt/noticias/Pages/Protocolo-homologado-com-novo-encontro-ao-mais-alto-nivel.aspx

terça-feira, 18 de novembro de 2014

domingo, 9 de novembro de 2014

F 1 - Brazilian Grand Prix, Interlagos, November 9, 2014

Nico Rosberg celebrates victory on the podium, Brazilian Grand Prix, Interlagos, November 9, 2014 © Getty Images

quarta-feira, 5 de novembro de 2014

Last Vegas - 2013


domingo, 2 de novembro de 2014

V de V - Endurence Series - Circuito do Estoril - 7, 8 e 9 Novembro 2014


Quarteto Artemsax - Projeto Giacometti - Almada Novembro 2014





F1 - United States Grand Prix - 2014

Lewis Hamilton hoists the winners' trophy aloft on the podium, United States Grand Prix, Austin, November 2, 2014